CHUVAS: FLORIANÓPOLIS CONTINUA EM ALERTA

Em virtude das fortes chuvas e depois da reunião de emergência com os órgãos de segurança da prefeitura e do governo do Estado , o prefeito Gean Loureiro recebeu a confirmação da da Epagri/Ciram para precipitação na cidade, que deve ficar entre 80 mm e 120 mm, nas próximas 24 horas. Já choveu 100 mm desde a última segunda-feira e durante o encontro foram definidas as estratégias de prevenção para os próximos dias. A chuva só deve diminuir a intensidade a partir de sábado.

Os secretários e servidores que foram convocados pelo Prefeito ouviram o relato do Diretor da Defesa Civil municipal, Luiz Eduardo Machado, sobre as estratégias e ações previstas para as próximas horas e ouviram do Prefeito a determinação: “Quero o pessoal a postos para fazer os reparos nas vias”, disse. A grande preocupação da administração municipal é com os alagamentos e deslizamentos – especialmente nas rodovias estaduais que cortam a Capital – além de bueiros entupidos, buracos que se abrem nas ruas e os engarrafamentos no trânsito.

Durante a reunião, o Prefeito Gean Loureiro telefonou para o comandante da Base Aérea de Florianópolis, Tenente Coronel Aviador Santos, para solicitar a liberação do acesso do Sul da Ilha pelo trecho sob jurisdição das Forças Armadas para a população. “Essa medida vai ajudar a escoar o trânsito daquela região, especialmente por que a previsão indica um volume significativo de chuva até sexta-feira (12)”, destaca o Prefeito.

*Comissão de emergência*

Na reunião, os órgãos que compõem a comissão de emergência alertaram a comunidade com informações técnicas. “A orientação é para que a população não coloque o lixo na rua e assim evitar o entupimento das bocas de lobo, da mesma forma evitar cachoeiras e lagos, que podem sofrer grandes enxurradas em poucos minutos”, explica o Diretor da Defesa Civil.

O comando do Corpo de Bombeiro Militar chamou a atenção para a liberação rápida de vias para a circulação das viaturas. O comandante do Policiamento Militar Rodoviário (CPMR), coronel PM José Norberto de Souza Filho, informou que todas as rodovias estaduais de Florianópolis estão com pelo menos um ponto de alagamento.

O presidente da Casan, Valter Gallina, alertou para a situação da adutora do Rio Pilões. “A tubulação fica no meio da mata, por isso os técnicos da empresa estão monitorando 24h”, destaca Gallina. E minimizou também a possibilidade do Rio do Braz transbordar no Norte da Ilha, após atuação semelhante.

O Prefeito determinou que os caminhões e veículos de todas as secretarias fiquem em regime de alerta para facilitar deslocamentos emergenciais. Também foi criado um grupo no whatsapp entre os comandantes de cada entidade ou órgão para monitorar as principais ações. “Vou vistoriar todas as tarefas de manhã, tarde e noite nas próximas horas, o momento requer atenção redobrada”, enfatiza o Prefeito.

O prefeito Gean Loureiro acertou, ainda, com o Comando da Base Aérea a liberação da passagem para todos os veículos transitarem por dentro da Base, em horários determinados. Isso se deu por conta do alagamento nas pistas da SC-405, rodovia estadual que está causando filas e transtornos. Os horários da liberação: Amanhã, das 7h às 10h, sentido Centro e das 15h às 18h, sentido Sul da Ilha. A Polícia Rodoviária Estadual, bem como o efetivo da Base Aérea, estão no local para dar suporte nesse trajeto.
.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome