VIOLÊNCIA: GRANDE FLORIANÓPOLIS ESTÁ NA “PONTA” DE CRIMES

Como vamos ter eleição em outubro deste ano para governador e, como a partir do mês que vem, mudanças no primeiro escalão e alterações serão feitas nos comandos da Segurança Pública e da Polícia Militar. Nesse momento, o que a sociedade quer para melhorar a questão da segurança? Em seguida, vem a campanha eleitoral para a escolha do novo governador em outubro. O eleitor poderá também propor sugestões e acompanhar os projetos dos candidatos.

Como exemplo, da onda de violência só na Região da Grande Florianópolis, um mapa da Secretaria de Segurança Pública mostra o crescimento dos crimes:

Florianópolis foi a cidade catarinense com maior aumento de homicídios em 2017. Nós acompanhamos a contagem pela mídia, fora 149 mortes violentas. A região tem os maiores índices de violência, com São José e Palhoça também entre as cidades mais violentas do estado. A polícia credita grande parte dessas mortes ao tráfico de drogas e brigas entre gangues rivais. É preciso encarar o debate sobre segurança pública urgente.
Para 2018, o que você vê como o grande debate para a área de Segurança? O que você acha que pode ser feito nos próximos anos?

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome