DEPUTADOS REPERCUTEM FAVORAVELMENTE À DESATIVAÇÃO DAS SECRETARIAS REGIONAIS

    A decisão do governador Eduardo Pinheiro Moreira, de desativar 15 agências de desenvolvimento regional e quatro secretarias centrais, foi tema de debate ontem no plenário da Assembléia Legislativa. Em síntese, os parlamentares de vários partidos avaliaram como positiva a decisão de Pinho Moreira e destacaram que o custeio das regionais pode ser mesmo um aporte grande de investimentos para áreas essenciais como saúde e segurança pública.

    Serafim Venzon (PSDB) traduziu que o seu partido apoia a decisão e espera que haja mais enxugamento na máquina pública.

    A deputada Ana Paula Lima, do PT, respondeu aos discursos de apoio,dizendo que o MDB, na verdade, durante o governo Luiz Henrique criou uma grandiosa estrutura de cabide de emprego, com um enorme prejuízo para a população e que o governador Colombo não teve força, interesse e coragem de acabar com as secretarias regionais, transformou-as em agências e continuaram cabides de empregos, dezenas de milhões de reais jogados fora.

    NOVOS NOMES NO SECRETARIADO

    E, conforme havia adiantado na entrevista de quarta feira, que uma mulher iria comandar a Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, o governador Pinho Moreira confirmou o nome da ex-vereadora de Criciuma, Romanna Remor para o cargo.

    E, hoje, em Xanxerê, o governador confirma outro nome para o primeiro escalão: o ex-vereador e candidato à prefeitura da cidade em 2016, Adenilso Biasus e que perdeu a eleição por apenas 24 votos vai ser o secretário de Desenvolvimento Social e Econômico.

    - Parceiro -

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor, digite seu comentário
    Por favor, informe seu nome