OPERAÇÃO TRAPAÇA: POLÍCIA FEDERAL CUMPRE MANDADOS DE PRISÃO EM SC

11 mandados de prisão, 27 de condução coercitiva e 53 de busca e apreensão contra diretores e ex-diretores da BRF, o grupo que comprou os complexos industriais da Sadia e Perdigão. As diligências são da Lava Jato e a operação, denominada de trapaça, dá para registrar que a corrupção entre empresas e agentes do governo continua desafiando a luta do Ministério Público Federal, do Judiciário e da Polícia Federal pela moralidade pública.

As investigações apuraram que laboratórios credenciados pelo Ministério da Agricultura, em troca de propinas, fraudavam resultados e laudos sobre a qualidade dos produtos que eram colocados no mercado. O crime burlava o Serviço de Inspeção Federal, órgão que concede o termo de capacidade das carnes para consumo pela população.

Já no ano passado, a operação carne fraca, investigou o envolvimento de fiscais sanitários do Ministério da Agricultura no esquema criminoso de vender licenças adulteradas para os frigoríficos do mesmo grupo que também é dono da Friboi.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome