OPINIÃO: TESTE DE PACIÊNCIA DOS CANDIDATOS SERÁ PONTO IMPORTANTE NAS ELEIÇÕES 2018

Conhecidos  como “coringas” da política catarinense  atravessam
tempos difíceis e, exatamente, no ano em que os caminhos  estão
voltados estritamente ao pleito eleitoral de outubro.  Vamos aos
fatos: no início do mês passado, o deputado federal João Rodrigues,
considerado um nome influente dentro do PSD na corrida ao governo do
Estado, foi preso por determinação do Supremo Tribunal Federal.

Na semana passada, a Procuradoria Geral da República mandou para o STJ
uma denúncia contra o governador licenciado Raimundo Colombo de que
teria recebido mais de 9 milhões de reais de caixa dois nas campanhas
de 2010 e 2014. O dinheiro teria origem dos cofres da Odebrechet.
Colombo é pré-candidato ao senado.

E, ontem, o ministro Edson Fachin, do STF, autorizou a Procuradoria
Geral da República a abrir investigação contra o senador Paulo Bauer,
do PSDB, de supostamente ter recebido 11 milhões e meio de reais não
declarados na campanha ao governo em 2014.Bauer é  pré-candidato ao
governo na eleição de outubro.

Nesses casos, o deputado João Rodrigues está com recurso no STF
alegando o processo que o condenou já prescreveu. Raimundo Colombo e
Paulo confiam na justiça e garantem que vão provar inocência e
transparência no uso de recursos nas campanhas que disputaram. Agora,
convenhamos, haja tempo e paciência, principalmente de Colombo e
Bauer, para responder aos adversários nos debates.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome