O “CALVÁRIO” E AS ESPERANÇAS DE LULA E DO PT

Mesmo que o Tribunal Regional Federal em Porto Alegre indefira, nesta segunda, os embargos declaratórios da defesa de Lula, o ex-presidente que recebeu, semana passada do STF um passaporte, não poderá ser preso pelo juiz Sérgio Moro.A decisão fica agora para dia 4, quando os ministros STF decidem sobre o pedido do Habeas Corpus.

Mas, poderá haver um fato novo na sessão dia 4, segundo apostam líderes do PT: que um dos ministros peça vistas no processo, adiando o desfecho que, pelo histórico de outros casos no STF, poderá ter definição prolongada ou interminável. Confirmada ou não a sentença desta segunda do TRF, ou negado o HC no STF, o ex-presidente nacional do PT,Rui Falcão anunciou hoje que a candidatura de Lula será registrada no dia 15 agosto, cabendo ao Tribunal Superior Eeleitoral, a palavra final.

Por outro lado, se a passagem caravana Lula em Florianópolis ocorreu sábado sem muitos atropelos, no Oeste do Oeste, manifestantes fecharam, no mesmo dia e hoje, acessos ao centro de Chapecó, atacando a comitiva com ovos, pedras e foguetes. A PM teve de usar balas de borracha e bombas de efeito moral para dispersar os grupos contrários à presença de Lula.

Em resposta, Lula, voltou a repetir a declaração feita em Florianópolis: “A gente vai dar porrada se não respeitarem a gente”

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome