TSE APROVA O VOTO IMPRESSO NA ELEIÇÃO DE OUTUBRO

Resolução aprovada hoje pelo Tribunal Superior Eleitoral disciplina a implantação gradual do voto impresso ainda para as eleições deste ano. Serão utilizados 30 mil módulos para impressão dos votos, assim que o eleitor acionar a urna eletrônica.

O TSE decidiu que a instalação dos módulos de impressão pelos Estado, vai ocorrer de forma proporcional ao eleitorado de cada federação. Assim, entre os dias 23 de julho e 31 de agosto, os Tribunais Regionais Eleitorais definirão quais zonas e seções eleitorais receberão os equipamentos de impressão do voto.

Como vai funcionar o processo paralelo do voto impresso junto á urna eletrônica: No processo de votação, a urna vai imprimir o registro de cada voto, que será depositado, de forma automática e sem contato manual do eleitor, em local previamente lacrado. Mas, o processo de votação não será concluído até que o eleitor confirme a correspondência entre o teor de seu voto e o registro impresso e exibido pela urna eletrônica, ou seja, o eleitor não receberá um papel com o seu voto, até porque isso poderia incentivar a compra de votos.

Em vez disso, o comprovante será impresso pela urna eletrônica e poderá ser conferido visualmente por você; se os votos estiverem certos, confirme a operação, e o papel será depositado automaticamente.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome