GREVE: SEM SAÍDA, SINTRASEM E SERVIDORES VOLTAM AO TRABALHO EM FLORIANÓPOLIS

(Foto: Divulgação: SMR)

Depois da memorável, dura e impecável decisão do desembargador Hélio do Valle Pereira em nome da ordem pública, aliadas à determinação de cumprimento da lei, pelo prefeito Gean Loureiro, contra a greve patrocinada pelo SINTRASEM, os servidores municipais de Florianópolis cumprem, hoje, normalmente o expediente nas repartições públicas do município.

Em dois serviços essenciais, professores e servidores da Educação terão de cumprir os 200 dias do ano letivo, com reposição das aulas nos sábados e alcançando as férias de julho.

Na área da Saúde, haverá prolongamento nos horários de atendimentos nos postos em duas horas por dia: invés de fechar às 5 da tarde, o atendimento será estendido até as sete da noite. A prefeitura não vai pagar hora extra pela ampliação da jornada que é cumprida em escalas. Assim, os profissionais que estavam em greve, vão cumprir eventuais férias e os horários prolongados.

O prefeito Gean Loureiro garante que a administração vai fiscalizar as atividades de reposição na educação e saúde e é importante, ainda, que os pais de alunos e pacientes dos postos e ambulatórios da saúde fiquem vigilantes também e possam denunciar qualquer quebra de compromisso de servidores.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome