SENADOR ACUSA MOVIMENTO DOS SEM-TETO DE COBRAR TAXA DE MORADORES

O senador José Medeiros (Pode-MT) criticou a atitude de um dos líderes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) de entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal contra ele por calúnia e difamação. O fato se relaciona a discurso do senador condenando a cobrança de uma taxa aos moradores do prédio invadido que se incendiou e desabou em São Paulo no último dia 1º de maio, mas que não estava em poder do MTST.

Segundo José Medeiros, são exatamente os dirigentes desses movimentos que deveriam ser julgados e presos pela invasão de prédios públicos e particulares e por explorarem as pessoas que participam dessas ações.  O senador reafirmou que pretende continuar fazendo suas críticas.

— Porque democracia nunca foi, nem é, nem nunca será, o objetivo dessas pessoas. Sabem por que? Democracia pressupõe o estrito cumprimento do ordenamento jurídico, é o respeito à lei, simplesmente isso. Democracia não se sustenta sem o respeito à lei, mas essas pessoas não querem democracia, elas querem o caos, para que no meio do caos se apresentem como salvadores da pátria.

(Fonte e foto: Agência Senado)

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome