NA BR-101, PRF PRENDE CAMINHONEIRO QUE DIRIGIA SOB EFEITOS DE “REBITE” E COCAÍNA

Pela segunda vez, em menos de 24 horas, a Polícia Rodoviária Federal flagrou dois caminhoneiros que trafegavam na BR-101 por excesso na carga de trabalho e por ingestão de medicamentos proibidos, o conhecido “rebite”.

Primeiro, no sul do Estado, um motorista estava ao volante por quase 24 horas sem descanso.

A outra ocorrência, mais grave, no norte do Estado, os policiais rodoviários federais detiveram um homem de 41 anos com medicamentos proibidos e substância análoga a cocaína na cabine do caminhão.

A PRF recebeu uma ligação denunciando que a carreta transitava em zigue-zague. Ela foi visualizada e abordada defronte à Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal. O motorista estava bastante agitado e, quando questionado, negou ter feito uso de qualquer substância ilícita ou que alterasse o comportamento.

Contudo, durante vistoria no caminhão, foram localizadas cinco cartelas com 15 comprimidos de inibidor de apetite, utilizado para manter-se acordado durante maior período de tempo, mas que provoca tontura e inquietação, dentre outros efeitos. Sobre o painel, ainda foram encontrados três papelotes de cocaína.

Após a descoberta dos entorpecentes, o condutor admitiu que tinha utilizado os rebites (comprimidos). Ele foi detido e responderá por porte de droga para consumo e dirigir fazendo uso de substância psicoativa. O veículo foi recolhido ao pátio credenciado da PRF.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome