PP OFICIALIZA CANDIDATURA DE ESPERIDIÃO AMIN AO GOVERNO

Amin: "o fundamental é apoiar candidaturas que estejam melhor posicionadas nas pesquisas, instrumento que retrata a posição do eleitor"....

A oficialização, em convenção realizada hoje pelo PP, da candidatura do deputado federal Esperidião Amin ao governo, está mudando o cenário político catarinense que em 2010 e 2014, na chamada tríplice aliança, formada por DEM, PMDB e PSDB  elegeu, por duas vezes, o governador Raimundo Colombo.

Isso porque, na eleição de outubro o quadro está bem dividido, com Amin (PP), Gelson Merisio (PSD- criado por dissidentes do DEM), Mauro Mariani (MDB) e Paulo Bauer (PSDB).

Na convenção, Esperidião Amin declarou que não ocorreu, por parte dele, qualquer tipo de decisão que possa ser encarada como quebra do acordo de aliança com o PSD.

Completou, dizendo que “nunca falei que daria apoio à candidatura de Gelson Merísio”, lembrando ainda que “o fundamental é apoiar candidaturas que estejam melhor posicionadas nas pesquisas, instrumento que retrata a vontade do eleitor”.Em pesquisas realizadas, o nome de Amin aparece em vantagem.

Amin disse ainda que, até domingo que vem, dia 5, último dia para indicação oficial de candidatos, o PP aguarda ainda posição do PSD para selar aliança, sem que seja alterada a cabeça de chapa.A mesma posição do PP, relaciona o PSDB que, amanhã em Joinville, realiza sua convenção.

A ata firmada na convenção do PP ficou aberta para a escolha ainda dos dois candidatos ao senado e da relação completa dos candidatos à deputado federal e estadual.

A convenção também confirmou alianças com o DEM, Partido Verde e Patriota. O deputado federal do DEM, João Paulo Kleinubing foi confirmado como candidato a vice governador.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome