SC: 11 CANDIDATOS AO SENADO DECLARARAM PATRIMÔNIO À JUSTIÇA ELEITORAL

Onze, dos 14 candidatos, que disputam as duas vagas ao senado por Santa Catarina apresentaram à Justiça Eleitoral declaração de patrimônio. Os bens relacionados estão divididos entre imóveis, carros, ações, investimentos, cotas de participação e depósitos em contas no Brasil e no exterior.

ESPÓLIO:

Esperidião Amin, do PP, R$ 3.113.478,01

Lédio Rosa, do PT, R$ 2.728.084,77

Jorginho Melo, do PR, R$ 2.459.161,55

Ideli Salvati, do PT, R$ 2.379.200,22

Raimundo Colombo, do PSD, R$ 2.282.294,63

Paulo Bauer, do PSDB, R$ 1.176.556,54

Professor Antônio, do PSOL, R$ 637.164,79

Miriam  Prochnow, da REDE, R$ 627.308,33

Ricardo Lautert, do PSTU, R$ 170.000,00

Lucas Esmeraldino, do PSL, R$ 120.991,52

Professor Cabral, do PSOL, R$ 21.000,00

Os candidatos Andréa Luciano Carvalho, do PCO, Roberto Salum, do PMN e Diego Oliveira de Paola, da REDE, não cadastraram declarações de bens.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome