GOVERNADOR PINHO MOREIRA: “O FUTURO MANDATÁRIO TERÁ QUE ADOTAR CONTENÇÃO DE GASTOS E EFICIÊNCIA DE GESTÃO”

O futuro governador de Santa catarina terá que que adotar, a partir de janeiro, duas prioridades indiscutíveis, face à situação de dificuldades financeiras que o Estado vem atravessando: contenção expressiva de gastos e controle com eficiência na gestão, assuntos que não podem ficar de fora, também, das discussões e propostas dos candidatos a governador.

A afirmação foi feita pelo governador Eduardo Pinho Moreira durante encontro, ontem em Florianópolis, com os empresários da área de comunicação, promovido pela Acaert, Associacão Catarinense de Emissoras de Radio e Televisão.

Pinho Moreira lembrou que, o Estado, quando assumiu o governo em fevereiro, possuía um déficit de 2 bilhões de reais e, com austeridade, conseguiu baixar 900 milhões de reais dessa conta negativa.

DÉCIMO TERCEIRO

E como parte, ainda da contencão de gastos, Pinho Moreira anunciou que na terça feira o Estado vai pagar mais 25% do décimo terceiro salário dos servidores.

Santa Catarina tem hoje em seus quadros:54 mil funcionários ativos, 55 mil, 189 inativos, 12 mil, 144 pensionistas, 31 mil, 731 ACTs e Mil, 732 comissionados.

A folha mensal de pagamentos de salários e benefícios previdenciarios chega a Um bilhão e 51 milhões de reais.

O governador, observou também como importante se discutir os percentuais dos repasses obrigatórios para Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Tribunal de Contas e Udesc.

Pinho Moreira disse desde 2016, o estado não tinha certidão negativa por falta de pagamento de precatórios, e que há 15 dias a situação foi regularizada e repasses federais que estavam bloqueados, já podem ser feitos.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome