COORDENAÇÃO DE CAMPANHA CLASSIFICA DE “TENDENCIOSA” DENÚNCIA CONTRA MERÍSIO

A coordenação de campanha de  Gelson Merísio ao governo  emitiu nota  reagindo contra  “propósito da instauração de um procedimento por parte do Ministério Público embasado em uma denúncia de supostas irregularidades no patrimônio do candidato e  neste momento de reta final da campanha, dois fatos chamam a atenção: primeiro, a absoluta impropriedade das afirmações; segundo, a origem da denúncia e, principalmente, as ligações políticas do seu autor”.

Trata-se, segundo a nota,  “do advogado Írio Grolli, ex-secretário de desenvolvimento regional de Chapecó no governo de Luiz Henrique da Silveira. Grolli inclusive figura como réu em uma ação popular movida contra o falecido ex-governador e o então secretário de Estado da Comunicação, Derly Massaud da Anunciação. Além disso, Grolli foi alvo de multas do Tribunal de Contas do Estado por irregularidades na sua gestão à frente da SDR de Chapecó”.

“Trata-se de um denunciante absolutamente tendencioso, com ligações político-partidárias que colocam todas as suas afirmações sob suspeição. Infelizmente, ainda há na política essa prática nefasta de tentar manipular a Justiça e a opinião pública com “denúncias” vazias e sem fundamento, com o único propósito de auferir vantagem para si e seu grupo político”, finaliza o comunicado.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome