PROGRAMA “OLHA FLORIPA” PROJETA ZERAR FILAS DE ESPERA EM OFTALMOLOGIA

Com o objetivo de zerar a fila de espera para cirurgias de catarata e para consultas em oftalmologia, a Prefeitura de Florianópolis criou o Programa Olha Floripa.

As consultas iniciaram ontem  na Policlínica Continente, e para essa primeira semana de trabalho foram agendados 500 pacientes para consultas oftalmológicas e de 26 a 30 iniciam os exames pré-operatórios para os 100 primeiros pacientes que estão à espera de cirurgia de catarata.

A primeira paciente do programa foi a dona Cleusa Barreto Fortes, do bairro Capoeiras. Ela fez a consulta e através do exame descobriu que está com início de catarata nos dois olhos. Por isso, ela irá voltar no início de dezembro para fazer os pré-exames e na sequência a cirurgia. “Eu estava na fila há 4 anos, demorou, mas hoje saio daqui com a cirurgia já agendada para início de dezembro”, relatou.

O aposentado João Batista Andrade, conta que estava aguardando há quase um ano a consulta com o oftalmologista, “hoje saio daqui feliz, porque apenas preciso fazer a troca de lente para corrigir minha falta de visão”, disse.

MIL PACIENTES POR MÊS

A expectativa, conforme o secretário da Saúde Carlos Alberto Justo da Silva é atender mil pacientes por mês. “Nos primeiros meses, o programa está fazendo uma força tarefa para dar conta da fila de espera, após esse período nossa expectativa é que o tempo de atendimento de um paciente seja de no máximo 30 dias”.

O Programa Olha Floripa vai atender nesse primeiro momento aproximadamente 20 mil pessoas, entre consultas e cirurgias de catarata.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome