CAMPANHA CONSCIENTIZA PARA ATENDIMENTOS DE EMERGÊNCIA

A campanha “Abra Caminho para a Vida” busca conscientizar a população para que as viaturas de emergência do Corpo de Bombeiros, SAMU e SC Transplantes tenham sempre preferência no trânsito.

O intuito do Corpo de Bombeiros ao solicitar a campanha para a Secretaria de Estado da Comunicação foi de alertar a população para que haja um bom senso dos motoristas no trânsito. Quando um veículo de emergência tiver luzes acesas, mesmo sem o sinal sonoro, significa que a equipe de serviço está transitando, retornando de uma ocorrência. Mais uma situação que precisa ser feita com agilidade. “É necessário fazer a assepsia dos veículos antes de seguir para um novo atendimento, as equipes fazem a higienização do veículo, a esterilização dos equipamentos e também a reposição de materiais. Ou seja, mesmo nesses casos a abertura da pista para a passagem é importante”, pondera o tenente Ian Triska, subchefe da Comunicação Social do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina.

Nestes momentos, apenas os sinais luminosos estão ligados e muitos motoristas deixam de dar passagem, fazendo com que as viaturas fiquem presas nos engarrafamentos. Assim, outras ocorrências podem ser prejudicadas. “É sempre bom respeitar e ajudar estes veículos porque eles precisam estar sempre prontos para receber alguém. Inclusive, pode ser um familiar dessas pessoas que estão trancando o trânsito”, justifica Triska.

Legislação       

Além de bom senso, grande parte da população desconhece o fato de que existem penalizações para quem não abrir passagem para os veículos de emergência. O Código Brasileiro de Trânsito em seu artigo 29, inciso 7, diz que “os veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, os de polícia, os de fiscalização e operação de trânsito e as ambulâncias, além de prioridade de trânsito, gozam de livre circulação, estacionamento e parada quando em serviço de urgência e devidamente identificados por dispositivos regulamentares de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente”.

O que muitas pessoas não sabem é que a própria lei indica que: quando os dispositivos luminosos e sonoros estiverem acionados, todos os condutores deverão deixar livre a passagem pela faixa da esquerda, posicionando-se ao lado direito da via e parando se necessário. O uso dos dispositivos de alarme sonoro e iluminação vermelha intermitente só acontecem quando existe efetiva prestação de serviço de urgência.

Não dar a passagem para estes veículos é uma infração gravíssima, penalizada com multa de R$ 293,47 e aplicação de sete pontos na carteira de habilitação. E para aqueles motoristas que aproveitam a passagem dos veículos para desfrutar do caminho aberto, a infração é grave, com multa de R$ 195,23, com aplicação de cinco pontos na carteira.

 

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome