COM INÍCIO DA DESPOLUIÇÃO DA BEIRA-MAR, CASAN CHAMA 2018 DE “ANO HISTÓRICO”

O ano de 2018 da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) ficará marcado por realizações que estão consolidando o abastecimento de água do estado e ampliando de forma histórica os sistemas de esgoto. Uma realização no campo tecnológico veio para facilitar a vida do usuário atendido pela Companhia.

Uma das maiores inovações tecnológicas da empresa foi o Aplicativo Casan SC, que ampliou o leque de facilidades para os cidadãos catarinenses. A Companhia realizou, neste ano, uma das mais importantes obras da história da empresa: o Projeto de Balneabilidade da Beira-Mar Norte, que começa a recuperar uma área nobre e democrática da cidade, há 50 anos contaminada. A previsão é entregar a obra ainda neste verão, após investimentos na ordem de R$ 17,1 milhões.

O ano corrente foi marcado ainda pela implantação da Adutora 1.200mm, a maior tubulação de água tratada de Santa Catarina, concluindo assim o anel do “Sistema de Abastecimento de Água da Região Metropolitana”, acabando com a falta estrutural de água na região, especialmente São José, Biguaçu, área Continental e a Bacia do Itacorubi, em Florianópolis. Ao todo, foram investidos R$ 21,6 milhões.

As ações para colocar Santa Catarina em uma melhor posição no ranking nacional de cobertura de esgoto, deixando o Estado entre os primeiros lugares deste indicador de saúde e qualidade de vida, se deu com a aceleração do processo de entrega dos Sistemas de Esgotamento Sanitário. Apenas em 2018 estão sendo entregues sete novos sistemas para operação, com Estações de Tratamento de Esgoto e rede de coleta.

O segundo semestre do ano foi marcado pelo início da maior obra de esgotamento sanitário do Estado e o lançamento do Edital de Licitação da segunda maior, com investimento total de mais R$ 181,6 milhões para beneficiar, com as duas obras, 18 bairros de Florianópolis. Localizada ao lado do Terminal Rita Maria, na entrada da Ilha, a Estação de Tratamento de Esgoto Insular está em obras: terá sua capacidade duplicada e o sistema de tratamento modernizado. Lançado em setembro, o Edital da Concorrência Internacional SES Saco Grande/João Paulo vai permitir a construção de uma Estação de Tratamento no bairro João Paulo para beneficiar também Saco Grande, Monte Verde, Santo Antônio, Cacupé e Sambaqui.

RESUMO DAS PRINCIPAIS REALIZAÇÕES

1 – Balneabilidade Beira-Mar Norte

Investimento: 17,1 milhões
O objetivo da obra é tornar balneável a água da Baía Norte ao longo de 3,5 quilômetros entre a Guarnição de Buscas e Salvamento do Corpo de Bombeiros (nas proximidades da Ponte Hercílio Luz) até a Ponta do Coral. O projeto de concepção prevê o tratamento da água contaminada por esgoto e sujeira das ruas que, pelos canais de drenagem, se depositam atualmente na Baía Norte.

2 – Adutora 1.200mm

Investimento: R$ 21,6 milhões

Interligação do Sistema Integrado de Abastecimento de Água desde Santo Amaro da Imperatriz (Estação de Tratamento de Água Cubatão), que recebe e trata água dos rios Pilões e Cubatão, até a Ilha de Santa Catarina, abastecendo também Palhoça, São José, Biguaçu e Florianópolis (Continente e área central da Ilha). A adutora tem 1,2 metro de diâmetro.

3 – Sistemas de Esgotamento Sanitário colocados em operação em 2018:

FORQUILHINHA – Investimento: R$ 27,3 milhões

TURVO – Investimento: R$ 10 milhões (recursos FUNASA-CASAN)

IÇARA – Investimento: R$ 14 milhões

OTACÍLIO COSTA – Investimento: R$ 19.615.239,00

ITUPORANGA – Investimento: R$ 15.538.736,69

CANOINHAS – Investimento R$ 30.572.888,00

ARAQUARI CENTRO – Investimento: R$ 5.282.729,43

(Obs: está em fase final de construção no município a rede e a estação para o bairro Itinga, no valor de R$ 14.752.149,98)

4 – Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) Florianópolis

4.1 – Estação de Tratamento de Esgoto Insular/Bacia do Itacorubi – Investimento: 94.663.085,48

Ordem de Serviço: 18 de setembro

Bairros atendidos: Itacorubi, Parque São Jorge, Jardim Anchieta, Córrego Grande e Pantanal, Morro da Lagoa, José Mendes, Centro, Trindade, Agronômica, Saco dos Limões e Costeira.

4.2 – SES Saco Grande/João Paulo

Investimento previsto: R$ 87 milhões

Bairros beneficiados: Saco Grande, Monte Verde, João Paulo, Santo Antônio, Cacupé e Sambaqui.

Concorrência Internacional aberta em 25/10. No momento, as propostas de 11 empresas (duas de forma isolada e quatro consórcios) estão sendo analisadas. Previsão de Ordem de Serviço: janeiro 2019

5 – APLICATIVO CASAN SC

Uma quinta realização da Casan no ano foi o lançamento do App Casan SC. A nova ferramenta facilita a vida do usuário que pode comunicar de forma mais imediata um vazamento ou rompimento de rede (agilizando o conserto e minimizando transtornos), receber avisos de falta de água de sua cidade ou bairro, pagar a fatura pelo celular, receber avisos sobre a alta anormal de consumo do imóvel, localizar a agência Casan mais próxima e outras funcionalidades. O APP foi produzido pela equipe de tecnologia da empresa.

(Fonte: SECOM/SC)

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome