CPI VAI ABRIR A “CAIXA PRETA” DO TRANSPORTE COLETIVO EM FLORIANÓPOLIS

Com aval do prefeito Gean Loureiro, o vereador Renato Geske, líder da base de governo da Câmara Municipal, protocolou hoje um pedido de abertura de CPI para avaliar o transporte coletivo de Florianópolis.

Os vereadores que subscrevem a solicitação querem entender melhor os custos e aumento da tarifa, a licitação feita em 2014 e a responsabilidade dos terminais que nunca foram utilizados.

A comissão vai ser criada com apoio do prefeito, que pediu para a Câmara auxiliar na construção de um transporte cada vez mais eficiente. “Queremos que a Câmara participe e estude todo o contrato do transporte licitado na gestão anterior. Esse é um pedido da população também, que já havia feito um abaixo assinado. Portanto, o legislativo municipal será palco para um debate transparente”, afirmou o prefeito Gean Loureiro.

Por estar de recesso, a CPI vai ser instalada oficialmente em fevereiro, quando os vereadores retornam `do recesso.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome