DÍVIDAS COM A CELESC: “A CORDA ARREBENTA SEMPRE DO LADO MAIS FRACO”

Os consumidores da Celesc que receberam as faturas de consumo deste mês com aumentos “surpresa” e exagerados, devem ficar atentos. Se as reclamações não forem atendidas e a fatura, com o valor atual, não for paga, há riscos.
A Celesc pode cortar o fornecimento e o consumidor ter o nome inscrito no SPC. Essas são as regras adotadas desde 2010.

Só que há um diferencial: enquanto os consumidores comuns da Celesc têm que se sujeitar a ter a casa na escuridão, historicamente, há privilégios. Órgãos públicos,por exemplo, que devem, faz anos, milhões de reais à empresa, houve corte de energia? Não, porque, são considerados serviços essenciais. Também existem empresas que devem uma montanha de dinheiro à Celesc mas que continuam com o fornecimento, porque, o corte pode gerar desemprego.

Agora, experimente você, consumidor comum, mesmo que esteja enfrentando dificuldades financeiras ou ficou desempregado, em não pagar a fatura do consumo? Daí a resposta da concessionária é radical: corte e iluminação dentro de casa, só na base de toco de vela.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome