CONFIRMADO: BOLSONARO SE REÚNE COM PRESIDENTE ENCARREGADO DA VENEZUELA

Governo brasileiro manterá postura diplomática em relação à crise enfrentada pelo país vizinho, afirma porta-voz da Presidência

Presidente da República receberá presidente encarregado da Venezuela no Palácio do Planalto - Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, receberá o presidente encarregado da Venezuela, Juan Guaidó, para uma reunião no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (28), às 14 horas, informou o porta-voz da Presidência, general Rêgo Barros, em declaração à imprensa.

Segundo o porta-voz, a reunião no Palácio será de cunho pessoal e, em seguida, o venezuelano será recebido oficialmente pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, no Palácio do Itamaraty.

Com a intensificação da crise humanitária que atinge a Venezuela, o governo daquele país fechou as fronteiras com o Brasil e a Colômbia, resultando em uma escalada da violência entre militares colombianos e venezuelanos. O porta-voz afirmou que o governo brasileiro continuará atuando de forma diplomática para encontrar soluções para a crise.

Energia

Diante da crise no país vizinho, o governo brasileiro também tomou medidas para garantir o abastecimento de energia em Roraima (RR), que atualmente depende da energia elétrica oriunda da Venezuela. Segundo o porta-voz, o governo classificou a obra de construção da linha de transmissão de Tucuruí como uma questão de soberania nacional, o que permite que o empreendimento seja viabilizado de forma mais acelerada.

A construção dessa linha de transmissão vai permitir que o estado de Roraima, único estado brasileiro fora do Sistema Interligado Nacional (SIN), não seja mais dependente da energia gerada pela Venezuela.

O projeto teve início em 2011, mas a construção ainda não foi iniciada. A decisão foi tomada nesta quarta (27) durante reunião do Conselho de Defesa Nacional, formado pelo Presidente da República, os presidentes do Senado e Câmara dos Deputados, além de ministros do governo federal.

(Fonte: Palácio do Planalto)

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome