FALTA DE GUINCHOS, INFERNIZA AINDA MAIS A “LOUCURA” DO TRÂNSITO

Na semana passada, um caminhão cargueiro quebrou na SC-401 e o trânsito ficou engarrafado por mais de 6 horas.Hoje pela manhã, um ônibus interestadual também quebrou na Ponte Pedro Ivo e o trânsito virou um calvário por mais de 5 horas.

Nos dois registros, um único problema: a falta de guincho para retirar os veículos dos locais dos acidentes e o pior, no caso da rodovia SC-401, o serviço de guincho contratado pelo governo estadual está localizado em Palhoça e, com o trânsito infernal na BR-101, o socorro, como ocorreu na semana passada, levou horas e horas para chegar ao local do acidente.

Como nas duas responsabilidades diretas estão o governo estadual e o federal que, faz anos, ignoram os problemas já que a SC-401 e a ponte Pedro Ivo pertencem ao governo estadual e o acesso à Ponte Pedro Ivo está na alçada do governo Federal, o prefeito de Florianópolis Gean Loureiro resolveu, isoladamente, assumir os problemas das duas pontes: Colombo Salles e Pedro Ivo.

A prefeitura deve, em caráter de emergência, contratar um guincho especial para permanecer 24 horas junto às duas pontes, para em caso de acidentes, promover a retirada de veículos com rapidez, evitando o cáos no trânsito.

Além disso, a prefeitura já vem tocando obras de melhorias em duas rodovias estaduais: são a SC-401 em direção ao norte, a SC-405 ao sul de Florianópolis e a SC-406 em direção à Lagoa da Conceição.

Por outro lado, é bom lembrar que, no discurso de posse, o governador Carlos Moisés prometeu solenemente, como primeiras ações, dar prioridade no sistema de infraestrutura rodoviária do Estado. Mas até agora….bem dseixa prá lá…

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome