POR FRAUDES EM DESPESAS, EX-PREFEITO DE BOM RETIRO É CONDENADO À PRISÃO

O ex-prefeito de Bom Retiro, Jair José de Farias começou a cumprir pena de quatro anos e oito meses, em regime semi aberto, no Complexo Prisional de Lages.

O ex-prefeito teve a condenação confirmada em segundo grau em ação promovida pelo Ministério Público das Comarca de Bom Retiro, por crimes de responsabilidade praticado entre os anos de 2005 e 2007.

Em 2005, segundo denúncia da Promotoria de Justiça da Comarca de Bom Retiro, o réu teria recebido adiantamento para despesas e diárias para uma mesma viagem a Florianópolis, em total superior a R$ 1,2 mil, ou seja, foi indenizado duas vezes por uma única despesa.
Em 2007, o ex-administrador público apresentou duas notas fiscais do mesmo posto de combustível, com a diferença de horário entre os abastecimentos de um minuto e 38 segundos. Na primeira vez, foram 61 litros de gasolina. Logo na sequência, mais 48 litros no mesmo veículo, cujo tanque não teria capacidade para receber o volume de combustível indicado.

Além da prisão, o ex-prefeito Jair José de Farias também fica inabilitado por oito anos a concorrer a cargos públicos. Ele ainda pode recorrer da decisão junto ao Superior Tribunal de Justiça e Supremo Tribunal Federal, mas, de qualquer forma, tendo sido a condenação confirmada por órgão colegiado de segundo grau, terá que cumprir a pena de imediato.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome