“VOU BOTAR MEU BOI NA RUA”:FLORIANÓPOLIS, A CAPITAL DO FOLCLORE CATARINENSE

Com a participação de 17 grupos, formados por 11 adultos e 6 crianças Florianópolis, a partir de amanhã e durante sexta e sábado, de tarde e à noite, no Largo da Catedral,vai se transformar na capital catarinense de manifestações folclóricas com o Encontro de Bois de Mamão.
É o projeto “Vou botar meu boi na rua”, promovido pela Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude e da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes.

O evento visa divulgar as brincadeiras de boi de mamão que ocorrem no calendário cultural de Florianópolis, mostrando os diversos grupos que mantém essa tradição. O objetivo principal desse encontro de bois é o fortalecimento dessa manifestação cultural que faz parte do patrimônio cultural imaterial da cidade e que vem se perpetuando de geração em geração.

O convite se estende aos professores e alunos das escolas, aos pais, as crianças e avós para terem a oportunidade de juntos assistirem essa brincadeira tão representativa, que acontece em nossas comunidades.

O Folguedo do boi de mamão é uma das manifestações culturais mais significativas da cultura popular de Santa Catarina. Presente em todo o litoral, e em Florianópolis considerado o maior número de grupos desta brincadeira com seu principal personagem, como o próprio nome indica, é o Boi de Mamão.

Abordando o tema épico da morte e ressurreição do boi, a brincadeira traz ao público vários personagens simbólicos como o vaqueiro, o cavalinho, a cabra, o urubu, o cachorro, o macaco, o urso branco e preto, a Bernunça, a Maricota entre outros. A cantoria alegre contagia e envolve a todos embalando a cena por meio de versos alusivos às figuras do folguedo e as dramatizações da brincadeira.

Além das apresentações artísticas o encontro contará com uma Roda de Conversa – “Conversa prá boi não dormir” com a participação de estudiosos e mestres da cultura popular com Cláudio Andrade, Sérgio Ferreira, Nei Batista, Nereu do Valle Pereira, Nado Gonçalves e JB Costa, às 14 horas de amanhã na Casa da Memória, no Centro.
Serão três dias de apresentações com atividades que se iniciam durante a manhã até à noite, onde as pessoas poderão ver a encenação deste folguedo popular tão marcante em nossa cidade.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome