“GUARDA POR ELAS”: PROJETO DE DEFESA PESSOAL PARA MULHERES EM SÃO JOSÉ

osiane Alcântara A professora Josiane Alcântara é instrutora operacional do Grupo ATTAC, expert em Defesa Pessoal com exímio conhecimento em Artes Marciais. Registrada no Conselho de Educação Física, é credenciada na Policia Federal, atual faixa 3°Dan de Karatê, Faixa Petra de kickboxing e Faixa Preta 1ºGrau Krav Maga e Kapap, além de ser Faixa Preta de Kendo (Arte da Espada Samurai). Como atleta já ganhou títulos de campeã Interestadual; deca campeã Brasileira; tri campeã Sul-americana; campeã Mundial em Full Contact (Luta de Contato em Ring) e destaque como a melhor do esporte do ano da modalidade de Karatê. Tuanny Pfeifer:

Dentro do projeto “Guarda por Elas”,  a Prefeitura de São José abriu inscrições para aulas gratuitas de defesa pessoal para mulheres.
O comando da Guarda Municipal justifica que o projeto foi criado para possibilitar alternativas de enfrentamento da violência contra a mulher, por meio da disseminação dos direitos e mecanismos de proteção às mulheres, empoderamento feminino no seu aspecto emocional e instruções de Krav Maga (Sistema de Combate e Defesa Pessoal Israelense).

As aulas do curso começam no dia 3 do mês que vem e será ofertado gratuitamente a todas as mulheres residentes em São José com mais de 14 anos, aptas ao desenvolvimento de atividades físicas. As inscrições podem ser realizadas no site da Prefeitura de São José – www.saojose.sc.gov.br.

Serão oferecidas 60 vagas no total, que serão divididas em duas turmas com 30 alunas cada, em dois polos diferentes: na sede da GMSJ, no bairro Campinas, as quintas-feiras, e na Praça do bairro Ipiranga, as sextas-feiras. O curso será ministrado uma vez por semana, das 19h às 20h, durante dois meses, com encerramento previsto para o dia 3 de dezembro.

PREVENÇÃO E DEFESA

O comandante da GMSJ, Marcelo Luiz de Souza, enfatiza que curso vai além das práticas de defesa pessoal, proporcionando às participantes diversos benefícios para saúde física e mental. “A atividade é uma forma de capacitar as mulheres de maneira preventiva, ensinando técnicas de autodefesa básicas para o dia-a-dia que, aliadas a outros conhecimentos, estimulem a autoconfiança e também as encorajem a denunciar eventuais abusos”, destaca.

A aula teórica será aplicada integralmente no primeiro encontro pela guarda municipal Ângela Welter que fará a apresentação da equipe e cronograma do projeto. Nos encontros seguintes o projeto dará início às práticas da defesa pessoal com a professora Josiane Alcântara, que é instrutora Operacional do Grupo ATTAC. Dentro do projeto serão realizados também círculos de construção de paz com a psicóloga Tuanny Pfeifer, abordando a temática do empoderamento feminino no seu aspecto emocional.

Link de inscrições:
https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSenT3_YYgLqOpFxVWkCmHNYPxpzHEJQHOA8x6HnCkBSTnOTYg/viewform

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome