AUTOMUTILAÇÃO: DOENÇA QUE ATINGE PESSOAS COM PROBLEMAS MENTAIS E PSICOLÓGICOS

Para chamar a atenção da sociedade sobre a automutilação, uma doença considerada silenciosa que ataca pessoas com problemas mentais, Santa Catarina passa a ter a Semana de prevenção, conscientização e combate a essas agressões, comuns entre jovens e adolescentes que sofrem de pressões psicológicas.

De autoria do deputado Sérgio Motta, do Republicanos, o projeto que trata da automutilação foi transformado em lei pelo governador Carlos Moisés.

A Semana passa a integrar imediatamente o calendário oficial de eventos do Estado e deve ser realizada na primeira semana do mês de setembro.

Segundo o deputado, profissionais que atendem na área da saúde mental, principalmente aqueles que atendem adolescentes estão pedindo apoio para ampliar o debate.
Sergio Motta acredita que o melhor caminho para combater o assunto está na prevenção, na conscientização e no diálogo.

“O objetivo deste projeto é chamar a atenção para uma doença silenciosa, que faz inúmeras vítimas. A conscientização a respeito dos perigos e impactos negativos desta prática é fundamental na vida das pessoas. Precisamos estar atentos. Isso é um assunto de saúde pública tão sério quanto tantos outros que nós falamos todos os dias”. pontua o deputado.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome