ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA RECEBE PEDIDO DE IMPEACHMENT CONTRA O GOVERNADOR CARLOS MOISÉS

O pedido inclui também a vice-governadora Daniela Reinehr e o secretário da Administração, Jorge Tasca

Sob o argumento de cometer  crime de responsabilidade, ao conceder aumento salarial aos procuradores do Estado por decisão administrativa o que fere a Constituição, o defensor público Ralf Guimarães Zimmer Junior protocolou hoje na Assembleia Legislativa pedido de impeachment contra o governador Carlos Moisés, a vice Daniela Reinehr e o secretário estadual da administração Jorge Eduardo Tasca.

Com a concessão do aumento salarial, firmada por decisão judicial, os procuradores do Estado tiveram seus vencimentos equiparados aos salários de procuradores da Assembléia Legislativa.

Pelo regimento interno da Assembléia, se o presidente da Casa, deputado Júlio Garcia abrir o processo de impeachment, o governador Carlos Moisés será notificado do pedido e terá o prazo de até 15 dias para se manifestar. Paralelamente, será formada uma comissão especial no Legislativo que vai analisar o processo, dar parecer a favor ou contra e depois encaminhar para votação em plenário pelos 40 deputados.

O governador Carlos Moisés que está de férias não se manifestou a respeito do pedido de impedimento.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome