PROTESTOS CONTRA EDITAL QUE ABRE PROCESSO DE CONCESSÃO DO TRECHO SUL DA BR-101

Lideranças politicas que representam as cidades do sul do Estado na Assembléia Legislativa, prefeitos da região e a FECAM, Federação Catarinense de Municípios continuam protestando contra a abertura no dia 21 de edital pela ANTT, Agência Nacional de Transportes Terrestres sobre a concessão da BR-101 no trecho entre Paulo Lopes, na Grande Florianópolis e São João do Sul, na divisa com o Rio Grande do Sul.

Nesta semana, prefeitos, representantes da FECAM) e parlamentares catarinenses participaram de audiência em Brasília, no Tribunal de Contas da União, para apresentar as irregularidades, pendências e complicações que envolvem a instalação de praças de pedágios no trecho Sul da BR 101.

Ontem, na Assembléia Legislativa, o deputado Volnei Weber (MDB) registrou a insatisfação e indignação da população e das lideranças do sul com a decisão tomada pela ANTT de abrir o processo de privatização da BR-101.
Enquanto no trecho sul com 220 quilômetros, a ANTT projeta a instalação de quatro praças de pedágio, sem contar outra em Paaulo Lopes, já no trecho norte com 240 quilômetros existem duas praças.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome