CARNAVAL: POLÍCIA MILITAR ABRE “O BLOCO” DA OPERAÇÃO ALEGRIA

Para garantir a ordem pública e a segurança dos foliões durante as festas de carnaval, a Polícia Militar coloca em ação sexta feira e com duração de seis dias, em todo o Estado, a Operação Alegria.

As ações principais visam coibir o porte ilegal de armas de fogo, a posse e o comércio de drogas, a venda de bebidas alcoólicas em desacordo com a legislação e a condução de veículos em via pública sob efeito de álcool ou substâncias químicas.
Além do efetivo existente de cada região, serão disponibilizados para a Operação Alegria 2020 um reforço de efetivo de cerca mil policiais, que serão distribuídos entre os municípios com o maior número de eventos e aglomeração de foliões.
O efetivo será empregado de acordo com as necessidades operacionais, a critério dos comandantes das Regiões Policiais Militares de todo o Estado.

*DICAS DE SEGURANÇA CARNAVAL*

O primeiro quesito de segurança começa antes de ir para as festas de carnaval. O cidadão pode baixar no telefone celular o aplicativo PMSC Cidadão, disponível para Android e IOS. Com ele, terá mais uma ferramenta para acionar a Polícia Militar. O App pode gerar uma ocorrência diretamente com a Central de Emergência da PMSC.
Já que falamos de telefone celular, este é o principal objeto furtado e roubado nesse período, principalmente em grandes aglomerações. Assim, ao transportar seu telefone, evite deixá-lo à vista de criminosos. No bolso de trás da calça, na bolsa aberta ou em cima da mesa do bar são pontos vulneráveis. O que o ladrão não vê, geralmente desperta atenção.

Outra dica importante é sair de casa com o mínimo de dinheiro ou cartões. Leve a carteira de motorista, ou RG, e evite documentos que não irá utilizar, como CPF e título de eleitor. Em caso de perda da carteira, você evita de refazer a 2ª via de diversos documentos. Em caso de furto, estelionatários podem usar seus registros para aplicar golpes.

E para quem vai pular o Carnaval acompanhado dos pequenos, não esqueça de colocar uma identificação nas crianças. Pode ser um adesivo no peito ou uma pulseira contendo o nome do responsável e um telefone para contato.

Outra situação que também causa transtornos é a venda de ingressos falsos, principalmente em cidades com desfiles ou grandes eventos particulares. Compre-os sempre nos locais oficiais e evite comprá-los de “cambistas”.

Agora um recado especial para as mulheres. Carnaval é uma época de alegria e paqueras, mas o respeito deve sempre prevalecer. Se alguém lhe importunar, seja segurando no braço ou tentando forçar uma situação que você não quer, acione imediatamente a Polícia Militar. Importunação sexual é crime, com pena de 1 a 5 anos de reclusão.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome