DEPUTADOS APROVAM NOVO SALÁRIO MÍNIMO REGIONAL EM SC

Com reajuste médio de 4,96%, os deputados aprovaram hoje na Assembléia Legislativa o valor do novo salário mínimo regional que vai atingir, com valores diferenciados, quatro categorias de trabalhadores. O salário mínimo regional terá efeito retroativo a 1º. de janeiro.
O projeto, encaminhado pelo governador Carlos Moisés foi aprovado com 30 votos a favor e dois contra.

São quatro faixas salariais, dependendo da categoria de trabalho, que passam de R$ 1.158,00 para R$ 1.215,00, de R$ 1.201,00 para R$ 1.260,00, de R$ 1.267,00 para R$ 1.331,00 e de R$ 1.325,00 para R$ 1.391,00.

O projeto aprovado que trata do reajuste e que vai agora à sanção do governador Carlos Moisés é fruto de um acordo entre entidades empresariais e dos trabalhadores que chegou à Assembleia Legislativa na semana passada e tramitou em regime de urgência.

O PLC teve os votos contrários dos deputados Bruno Souza (Novo) e Jessé Lopes (PSL). Entre os votos favoráveis, Luciane Carminatti (PT), Milton Hobus (PSD) e Valdir Cobalchini (MDB) destacaram a importância da lei que instituiu em 2009 o salário mínimo regional e o fato de o reajuste ser fruto de consenso entre patrões e empregados.
“É uma lei importante, resultado de uma proposta iniciativa popular”, comentou Luciane. “Somos o único estado onde o piso regional é negociado entre patrões e empregados. Todos se envolvem para melhorar a condição de vida dos catarinenses”, completou Hobus. “Temos que destacar a maturidade dos sindicatos dos trabalhadores e patronais nessa negociação”, finalizou Cobalchini.

Representantes de várias centrais sindicais acompanharam a votação das galerias do Plenário Deputado Osni Régis.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome