ENTIDADES DA SOCIEDADE CIVIL VÃO PARTICIPAR DO CONSELHO ESTADUAL DE SEGURANÇA PÚBLICA EM SC

Sob a bandeira de que a sociedade e o interesse público devem caminhar juntos e, em primeiro lugar, representantes de classes e da sociedade civil vão passar a integrar o Conselho Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, atualmente formado pelo comandante geral da Polícia Militar, Delegado Geral da Polícia Civil, comandante do Corpo de Bombeiros e diretor geral do Instituto Geral de Perícias.

A finalidade do conselho está relacionada com políticas de segurança pública e de defesa social e de entidades de profissionais da Segurança Pública por instituição. Serão dois membros de cada um destes segmentos, eleitos por meio de processo aberto a todas as entidades e instituições. Todas precisam preencher alguns requisitos básicos.

O edital, com normas para a participação da opinião pública no conselho será publicado amanhã no site da Secretaria da Segurança Pública. As eleições ocorrem no dia 2 de junho.

A finalidade do conselho está relacionada com políticas de segurança pública e de defesa social e de entidades de profissionais da Segurança Pública por instituição. Serão dois membros de cada um destes segmentos, eleitos por meio de processo aberto a todas as entidades e instituições. Todas precisam preencher alguns requisitos básicos.
O processo será coordenado pela diretora-geral da SSP, delegada Luciana da Silva Pinto Maciel e a posse dos novos membros está prevista para o dia 8 de setembro.

O presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e Delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Koerich, abriu o encontro declarando que Santa Catarina está novamente na vanguarda. “A nossa função é a de sermos protagonistas das decisões que os senhores, membros do conselho, vierem tomar na busca de soluções que se avizinhem na garantia de que a sociedade e o interesse público estejam em primeiro lugar”.

Na reunião de hoje, foram nomeados os suplentes dos membros efetivos e foi apresentado ainda o novo membro do conselho indicado pelo Poder Judiciário, o delegado Mauro Rodrigues, que atua no Núcleo de Inteligência e Segurança Institucional do Tribunal de Justiça de SC.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome