CORONAVÍRUS: EQUIPES DA COMCAP EM FLORIANÓPOLIS REALIZAM HIGIENIZAÇÃO DE ESPAÇOS PÚBLICOS

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, cumpre programação semanal de sanitização de 72 centros de saúde da rede municipal. Também tem sido lavado e borrifado com solução de água e hipoclorito de sódio o drive-thru para testes do novo coronavírus instalado pela Secretaria de Saúde no Terminal de Passageiros da Trindade.

O detergente de cloro tem sido aplicado em todos os pontos da cidade onde há maior fluxo de pessoas. Mesmo com equipe e carga horária reduzidas pela metade, em razão do afastamento de 173 empregados mais vulneráveis e da concessão de férias e licenças durante a pandemia, a Comcap conseguiu implantar esse novo serviço de desinfecção com detergente de cloro e água de reuso da Casan, explica a diretora de Operações, Nilda de Oliveira.

Florianópolis está entre as primeiras cidades do Brasil a sanitizar vias e espaços de uso público durante a pandemia do novo coronavíruds (Covid-19). A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, mantém serviços de higienização de espaços públicos desde 13 de março.A aplicação do desinfetante com cloro iniciou em 21 de março, com água de reuso fornecida pela Casan.

Em 27 de março, foram introduzidos atomizadores costais para facilitar o acesso a hospitais, centros de saúde, farmácias e outras áreas que podem concentrar fluxo de pessoas durante o distanciamento social, como supermercados ou abrigos de passageiros.

Desde semana passada, a operação ganhou velocidade e alcance, foram repassados centros de saúde, hospitais, lavatórios e até associações de triadores de materiais recicláveis, que ainda estão fechadas por risco sanitário, impedindo a coleta seletiva na cidade.

Dez conjuntos de atomizadores e pulverizadores costais foram comprados em regime de emergência para ajudar a cidade no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os equipamentos permitem acesso dirigido a locais. Em espaços mais amplos, como vias públicas, a higienização com hipoclorito de sódio segue sendo feita com três caminhões hidrojato.

O Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt) da Comcap treinou operadores para o uso dos equipamentos de proteção individual para o novo serviço de desinfecção. As máscaras são usadas para proteger as pessoas no uso e manipulação do produto, que é desinfetante e agente alvejante eficaz na eliminação de microorganismos.

Nessa atividade, para proteger o trabalhador do efeito concentrado do produto durante a manipulação e aplicação, os empregados usam óculos, luvas, capas, botas e máscaras. O cloro não oferece risco aos passantes; deixa um odor parecido com o que fica na limpeza de casa com água sanitária.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome