ALESC ANALISA QUATRO PEDIDOS DE IMPEACHMENT CONTRA O GOVERNADOR CARLOS MOISÉS

Estão sob análise da Procuradoria de Justiça da Assembléia Legislativa quatro processos que pedem o impeachment do governador Carlos Moisés. Em dois requerimentos sob pedidos de afastamento a vice Daniela Reinehr também é citada.

Em todos os processos, os fatos determinados sobre o impeachment estão relacionados sobre a compra de respiradores, onde o governo do Estado pagou antecipadamente R$ 33 milhões, em gastos de publicidade, na iluminação cênica da Ponte Hercílio Luz e na instalação do Hospital de Campanha de Itajaí.

No caso de recebimento da representação, o governador e os demais citados terão 15 dias prestar informações sobre os supostos crimes. Ao mesmo tempo, será criada na Assembleia uma comissão especial, formada por nove deputados, que analisará e emitirá parecer sobre o pedido.
Se o parecer da Comissão Especial concluir pelo recebimento do pedido de impeachment e for aprovado por 2/3 dos 40 deputados (27 votos), o governador e os demais citados são afastados dos cargos.

Paralelamente, na terça feira, a CPI dos Respiradores vai ouvir novos depoimentos de testemunhas:Janaína Silveira dos Santos Siqueira, gerente de Contratos e Licitações da Defesa Civil; Carlos Eduardo Besen Nau, lotado na Defesa Civil; Débora Regina Vieira Trevisan, consultora jurídica da Defesa Civil; Iná Adriano de Barros, técnica em atividades administrativas da Secretaria de Estado da Comunicação.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome