CORONAVÍRUS:ALESC REÚNE PREFEITOS PARA DISCUTIR REPASSES DE RECURSOS PELO GOVERNO DO ESTADO

Para discutir o planejamento do governo Estadual na destinação de recursos para enfrentamento da pandemia nas cidades catarinenses, a Comissão Especial de Controle de Gastos da Assembleia Legislativa vai reunir hoje, em audiência pública, por vídeo conferência, a partir das duas horas da tarde, prefeitos, parlamentares, FECAM e os secretários da Saúde André Mota Ribeiro e da Fazenda Paulo Elí.

Para o presidente da comissão especial, deputado Marcos Vieira, do PSDB, a audiência servirá, também, para ouvir as queixas e esclarecer as dúvidas dos municípios sobre o enfrentamento da doença, cujos índices têm piorado nas últimas semanas.

O parlamentar lembra que a Assembleia, em especial os nove deputados membros da comissão especial, vêm recebendo muitas manifestações de prefeitos sobre a preocupação com a gestão da pandemia e a demora no recebimento de recursos do governo federal. O secretário Paulo Eli disse na Alesc que não faltará dinheiro para o combate ao coronavírus. Mas então por que está faltando para remédios e instalação de leitos de UTI? Qual a origem dos recursos? Precisamos saber se o dinheiro doado pela Assembleia Legislativa, Justiça e outros órgãos foi aplicado e onde”, perguntou Marcos Vieira.

Prefeitos das principais cidades catarinenses, onde a situação da pandemia tem maior gravidade no momento, confirmaram participação. É o caso dos prefeitos de Joinville, Udo Doehler (MDB); de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM); de São José, Adeliana Dal Pont (PSD); de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB); de Itajaí, Volnei Morastoni (MDB); de Chapecó, Luciano Bulligon (PSL); de Tubarão, Joares Ponticelli (PP); de Caçador, Saulo Sperotto (PSDB); de Concórdia, Rogério Pacheco (PSDB), entre outros.

O público não poderá acompanhar presencialmente a audiência, em função das medidas que restringem as aglomerações. Mas toda a reunião será transmitida ao vivo pela TVAL, pela Rádio AL e pelo perfil da Alesc no Youtube.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome