CPI DOS RESPIRADORES CONVOCA VEREADOR DE FLORIANÓPOLIS

Com previsão de concluir o relatório final na segunda semana do mês que vem, a CPI que apura denúncias de irregularidades na compra de 200 respiradores mecânicos pelo governo do Estado decidiu convocar para depoimento, na próxima terça feira, o vereador de Florianópolis Ed Pereira.

Segundo o autor do requerimento, deputado Sargento Lima (PSL), Ed Pereira, em áudio gravado antes de uma sessão da Câmara da Capital, disse conhecer empresários de São Paulo que “investiram pesado no secretário Douglas Borba” para ajudar na campanha de Carlos Moisés ao governo em 2018. Sargento Lima quer saber se essa doação ao então candidato tem relação com a negociação que resultou na compra dos respiradores por R$ 33 milhões.

Por outro lado, o vice-presidente da CPI, deputado Valdir Cobalchini (MDB), informou que os advogados do empresário Fábio Guasti, que havia sido convocado para depor, informando que, com base no direito ao silêncio, ele não vai comparecer à audiência. Fábio Guasti, conforme investigação da Operação O², é apontado como um dos intermediários entre a Veigamed e o governo do Estado na negociação dos 200 respiradores.

Na reunião desta quinta-feira, a CPI fará uma sessão fechada para analisar as respostas enviadas pelo governador Carlos Moisés aos 15 questionamentos da comissão a respeito da compra dos respiradores. A sessão, sem transmissão ou abertura à imprensa, está marcada para as 10 horas e não será transmitida.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome