PANDEMIA: ALESC VAI REALIZAR AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE RETOMADA DE EVENTOS E FEIRAS

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa aprovou, na sessão ordinária de hoje,  requerimento para realização de audiência pública para debater a possibilidade de retorno imediato das atividades do setor de eventos e feiras públicas. A proposição é do deputado Jessé Lopes (PSL), com data de realização prevista para o dia 21 de outubro.

Os deputados membros da comissão consideraram que a retomada das atividades desse segmento é bastante polêmica. O presidente da comissão, deputado Neodi Saretta (PT), ressaltou que esse foi o segmento mais afetado pela pandemia. Reconhecendo que as empresas e profissionais estão com muitas dificuldades financeiras, a deputada Ada de Luca (MDB) alertou, no entanto, que o vírus continua fazendo vítimas e que os números mudam todos os dias.

Já o deputado Coronel Mocelin (PSL) disse que é possível “aprovar a realização de eventos que sigam os devidos protocolos porque as festas estão acontecendo de forma clandestina e as praias estão lotadas”.

O deputado Valdir Cobalchini (MDB) opinou que a comissão deve propiciar o debate, em função dos apelos recebidos, e permitir que “a Secretaria de Saúde exponha as razões e estabeleça prazos para a reabertura”.

O deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB) acrescentou que é a favor da reabertura gradual, “desde que haja segurança e risco controlado, para que as pessoas possam restabelecer seus ganhos”. No entanto, alertou que o contágio é imprevisível e não há como estimar como estarão os hospitais nos próximos dias. Na opinião dele, a condução que vem sendo dada no estado é muito boa, o que permitiu a menor taxa de letalidade do Brasil. “Mas isso diminuiu a percepção de risco das pessoas”.

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome