Foram dois dias de atividades que envolveu contação de histórias, entrega de brinde e da cartilha para colorir com o tema de combate ao trabalho infantil

O trabalho infantil ainda existe e para ensinar as crianças e adolescentes de que a prática é real e mostrar o que o caracteriza, a Secretaria de Assistência Social preparou nos dias 13 e 14 de outubro uma atividade lúdica com os usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Municipal, que são atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

O evento marcou as comemorações referente ao mês das crianças e o tema abordado foi “trabalho infantil não é legal: o que eu espero para o meu futuro e para o futuro de todas as crianças do Brasil?”. A ação é para reforçar as reflexões sobre os direitos das crianças e adolescentes.

“É muito importante esse trabalho, pois é realizado com quem temos que cuidar, pensando no futuro delas. Felizmente as ações têm melhorado o cenário de combate ao trabalho infantil e somos bons exemplos na região. Vamos continuar essa atividade e nos empenhar ainda mais para oportunizar espaços de lazer e garantir uma educação de qualidade”, reforçou o prefeito Orvino Coelho de Ávila.

Para responder à pergunta tema da atividade, os usuários do serviço produziram desenhos e colagem, reforçando os trabalhos lúdicos e artísticos conforme a criatividade de cada um. Os trabalhos foram expostos durante o evento e explicados aos demais colegas que estavam presentes

O dia ainda foi mais especial, pois os participantes desejaram os parabéns à primeira-dama Sandra, que estava de aniversário. “Não há presente melhor para celebrar mais um ano de vida com as crianças maravilhosas do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos”, revelou Sandra.

Para o secretário da Assistência Social, Lédio Coelho, as ações que dão dignidade a população josefense, em qualquer idade, mostra o comprometimento da Prefeitura de São José. “Todas as ações que visem a dignidade, o acesso à educação, cultura e demais direitos da criança e do adolescente são prioridade para a Assistência Social.  Nós buscamos a constante qualificação de nossas atividades na busca da garantia do acesso aos direitos socioassistenciais”.

O Coordenador da Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Aepeti), Walter de Fáveri lembrou que “trabalhar temas como esse durante a infância promove o desenvolvimento do senso crítico da criança e do adolescente, para que elas possam também serem agentes na garantia de seus próprios direitos”.

A supervisora do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Nahdja Anderson, pontuou que as crianças e adolescentes estavam gratos e que guardam no coração os que tiveram presentes todos que atuam no serviço.

O evento contou com a presença dos representantes da Legião da Boa Vontade e da secretária adjunta de Assistência Social, Rita Furtado.

(Fonte: SECOM/SJ)

- Parceiro -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário
Por favor, informe seu nome